LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA

É no Laboratório de Informática que muitos dos pequeninos da educação infantil têm seu primeiro contato com o computador. É nessa idade que, através de atividades lúdicas e educativas, começa-se a trabalhar a coordenação motora no uso do mouse e do teclado, a percepção visual e espacial, além de ferramentas simples de alguns softwares.

A partir de então, no ensino fundamental I, os alunos começam a avançar no conhecimento de outras ferramentas para criação de textos, desenhos, realização de pesquisas, além de noções básicas de criação de planilhas e apresentações. Para a prática das atividades, muitos dos temas são relacionados ao conteúdo aprendido nas demais disciplinas.

Os alunos do período integral, além de atividades que reforçam o conteúdo das aulas regulares, ainda contam com atividades diferenciadas de desenvolvimento de raciocínio, criação de histórias em quadrinhos, animações simples e conceitos básicos de programação.

Infraestrutura

O colégio tem vários laboratórios, com computadores que podem ser utilizados por todos os professores, seja do bilíngue ou de outras disciplinas de qualquer série.

O laboratório utilizado nas aulas de informática conta com 22 computadores, mais ou menos 50 cadeiras, lousa branca, sistema de som, telão, projetor e ar-condicionado.

Os computadores são suficientes para que cada aluno faça suas próprias atividades, sem a necessidade de se sentar em duplas. Eles somente sentam-se em duplas para atividades específicas, nas quais o objetivo é interagir também com outro aluno.

LABORATÓRIO LEGO

O Laboratório Lego, carinhosamente chamado de Leguinho, foi projetado para receber os alunos da educação infantil e do 1º e 2º anos do ensino fundamental I. A distribuição das mesas e das cadeiras facilita o trabalho dos alunos em equipe e o circular dos mesmos pela sala, tornando a aula dinâmica e divertida. Os alunos têm fácil acesso ao material da LEGO® Education utilizado nas aulas, e também aos materiais extras que trabalham a educação no trânsito, a vida na cidade e na fazenda, os animais glaciais, da floresta e outros

LABORATÓRIO LEGO (C009)

O Laboratório de Lego, carinhosamente chamado de “Leguinho”, foi projeto para receber os alunos da Educação Infantil e do 1º e do 2º anos do Ensino Fundamental I. A distribuição das mesas e das cadeiras facilita o trabalho dos alunos em equipe e o circular dos mesmos pela sala, tornando a aula dinâmica e divertida. Os alunos têm fácil acesso ao material da LEGO® Education utilizado nas aulas, e também aos materiais extras que trabalham a educação no trânsito, a vida na cidade e na fazenda, os animais glaciais, animais da floresta e outros.

LABORATÓRIO DE ROBÓTICA (I 001)

No Laboratório de Robótica, trabalhamos com os alunos do 3º ano do Ensino Fundamental I até a 2ª Série do Ensino Médio. O espaço amplo e arejado da sala facilita o trabalho em equipe e a apresentação dos projetos desenvolvidos durante a aula. As mesas são projetas para o trabalho das equipes. Alunos usam computadores para realizarem a programação dos robôs.

As aulas de LEGO, além da função didática, agregam através do “brincar” com responsabilidade e prazer, habilidades e competências que precisam para reforçar a base estrutural de cada educando.

LABORATÓRIO DE ROBÓTICA

No Laboratório de Robótica, trabalhamos com os alunos do 3º ano do ensino fundamental I até a 2ª série do ensino médio.

O espaço amplo e arejado da sala facilita o trabalho em equipe e a apresentação dos projetos desenvolvidos durante a aula, as mesas são projetadas para o trabalho das equipes e os alunos usam computadores para realizar a programação dos robôs.

As aulas de LEGO, além da função didática, agregam através do “brincar” com responsabilidade e prazer, habilidades e competências necessárias para reforçar a base estrutural de cada educando

LABORATÓRIO DE FÍSICA

O laboratório de física é considerado uma peça fundamental para o aprendizado dos alunos. Muito se diz sobre a utilização da experimentação no ensino de Física, em que se avaliam as vantagens de incorporar atividades experimentais.

O uso de atividades experimentais como estratégia de ensino de Física tem sido apontado por professores e alunos como uma das maneiras mais frutíferas de minimizar as dificuldades de aprender e de ensinar Física de modo significativo e consistente. Nesse sentido, no campo das investigações dessa área, pesquisadores têm apontado, em literatura nacional recente, a importância das atividades experimentais. (ARAÚJO; ABIB, p. 176, 2003)

Os experimentos são de extrema importância, à medida que propiciam o pensamento e a reflexão sobre o fenômeno físico. Pode-se perceber uma satisfatória melhora do ensino, ao se introduzir as aulas práticas no currículo.

A Física não deve ser resumida à aprendizagem de conceitos e aplicação de fórmulas. Com os laboratórios tem-se uma mudança de atitude, e o olhar para a física torna-se diferente do que é encarado somente em sala de aula.

É notório que, desde os primórdios, o homem busca o conhecimento através de experimentos, tentativas e erros. Assim, o laboratório vem com o intuito de complementar o que é visto na teoria, fazendo com que o aluno faça parte de um aprendizado ativo nos conceitos propostos pelo professor.

Assim, o que se percebe é uma melhora dos conceitos e compreensão dos assuntos, quando estes são apresentados na prática. A comparação de dados que são vistos, tanto na teoria quanto na prática, faz com que o estudante tenha um olhar mais crítico a respeito dos conceitos que estão sendo cobrados, além de uma melhor percepção da realidade.

Por isso, as práticas de laboratório serão precedidas ou acompanhadas de aulas teóricas. A linguagem deve ser simples e adequada ao grupo de alunos; as estratégias didáticas devem ser bem escolhidas para que as atividades laboratoriais não sejam meras demonstrações. Assim, a teoria, as demonstrações, o exercício prático e o experimento produzirão a interação entre o aluno e o aprendizado de maneira prazerosa.

O laboratório auxilia na interdisciplinaridade e na transdisciplinaridade, já que permite desenvolver vários campos, testar e comprovar diversos conceitos, favorecendo a capacidade de abstração do aluno. Além disso, auxilia na resolução de situações-problema do cotidiano, permitindo a construção de conhecimentos e a reflexão sobre diversos aspectos, levando o aluno a fazer inter-relações. Isso o capacita a desenvolver as competências, as atitudes e os valores que proporcionam maior conhecimento e destaque no cenário sociocultural.

Assim, a necessidade de inserir novas tecnologias, mostrar a importância da alfabetização científica e tecnológica no processo de formação dos indivíduos, destacar a associação entre as diferentes teorias e o ensino experimental torna fundamental o uso do laboratório nas escolas.

Top